Vai ouvindo...
CDs VÍDEOS BLOG LIVROS BIOGRAFIA GALERIA SHOWS IMPRENSA

  • Volta para Livros

  • Comprar
  • Eu Nasci Naquela Serra
    A história de Angelino de Oliveira, Raul Torres e Serrinha

    Editora Paulicéia, 1996

    Angelino de Oliveira, Raul Torres e Serrinha foram autores de grandes sucessos como: "Tristezas do Jeca", "Moda da Mula Preta", "Chitãozinho e Xororó", "Saudades do Matão", "Encruzilhada", "Cabocla Tereza", "Bom Jesus de Pirapora", "Cavalo Zaino", "Do Mundo Nada se Leva", "Pingo d’Água", e muitos outros.

    Torres e Serrinha nasceram em Botucatu e Angelino em Itaporanga, mas com seis anos mudou-se para Botucatu e só saía desta cidade a contragosto.

    Passei alguns meses pesquisando a vida dos três, principalmente em entrevistas com amigos, colegas de trabalho e familiares dos compositores; e consultando arquivos particulares. A chamada "grande imprensa" publicou pouquíssima coisa sobre eles, apesar do grande número de fãs e da importância da música caipira no cenário cultural brasileiro.

    Procurei narrar a vida de cada um como se tivesse contando um "causo". Conversa em volta do fogão de lenha, ou sentado no terreiro ouvindo o ponteado de uma violinha.

    José Matheus Perosa e Wilson Nakamoto, professores da UNESP, amantes da música caipira e moradores de Botucatu tiveram a idéia de fazer este livro. Além disso, tornaram este projeto viável. Agradeço sempre a eles a oportunidade que me deram de mergulhar ainda mais fundo na alma cabocla brasileira.

    Vai ouvindo...

    É difícil escolher qualquer trecho do livro, pois contaria apenas sobre um dos compositores. Assim, segue parte do prefácio que trata de pontos vitais na vida e carreira dos três.

    "Angelino de Oliveira, Raul Torres e Serrinha estiveram à frente de programas de rádio durante décadas, quando o rádio era o principal veículo de comunicação do país. Gravaram centenas de discos e inovaram a canção brasileira em vários aspectos, criando seguidores e também imitadores.

    Foram aproveitadas as características mais marcantes de cada um dos artistas para poder contar suas histórias. Angelino, o genial criador, que viveu em função da música e dos amigos; Raul Torres, o artista profissional, sempre à frente dos grandes movimentos de sua época, um dos pioneiros do rádio no Brasil; e Serrinha, a voz do sertão, o grande violeiro, um homem voltado para a família e que nunca abandonou suas raízes sertanejas.

    Os principais acontecimentos do Brasil e do mundo, desde a virada do último século, tiveram importância decisiva na vida de Angelino, Torres e Serrinha. Seus projetos de vida e mesmo suas criações artísticas foram marcadas pela Segunda Guerra Mundial, o Governo Getúlio Vargas, o Golpe Militar de 1964 no Brasil, o desenvolvimento da indústria de discos e do rádio, as migrações e imigrações que povoaram o interior e a capital do Estado de São Paulo, o progresso e as transformações de Botucatu.

    Este é um livro sobre três homens que dedicaram-se profundamente à sua arte. Vindos de Botucatu, que na época deles era considerada "boca do sertão", Angelino de Oliveira, Raul Torres e Serrinha, formam um painel artístico de quase um século da música e da cultura brasileira".